sábado, 20 de setembro de 2014

Sesc Boulevard exibe “O Menino da Floresta” neste domingo 21.09 | 10h | Entrada Franca

Animação francesa em 2D conta história de garoto que cresceu na floresta

Foto: Divulgação
No coração de uma floresta habitada por animais e espíritos, vive a família Courge. O pai, um caçador e tirano, faz seu pequeno filho acreditar que não existe um mundo além dos limites das árvores, e as únicas amizades do menino são fantasmas da natureza. Dirigida por Jean-Cristophe Dessaint, “O Menino da Floresta” é uma animação francesa em 2D com traços simples, mas que traz grandes questionamentos sobre a vida.

O garoto passa parte de sua vida obedecendo ordens de seu pai para não ultrapassar as árvores da floresta - quando finalmente entra em contato com o mundo novo, além de conhecer um vilarejo e uma garota, acaba também compartilhando de sentimentos como a injustiça e maniqueísmo. A animação é uma grata surpresa, direcionada tanto aos adultos quanto às crianças.

O filme “O Menino da Floresta”será exibido neste domingo (21), no Sesc Boulevard. A sessão começa às 10h, com entrada franca.

Serviço

"O Menino da Floresta", de Jean-Cristophe Dessaint
          
 Data: 21 de setembro de 2014 (domingo). 

Filme legendado em português

Horário: 10h

Classificação: Livre

Duração: 1h36min

Local: Centro Cultural Sesc Boulevard (Boulevard Castilho França, 522/523 - em frente à Estação das Docas)
  

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

ArteSesc Confluências no Sesc Boulevard dia 24. Entrada gratuita


O Confluências

Em um país de extensão continental, a diversidade artístico-cultural tem proporções equivalentes. Pensando nisso, o ArteSesc Confluências pretende analisar, mapear e difundir a produção artística desconhecida dos grandes circuitos brasileiros.

O Confluências convoca artistas, curadores, críticos e estudantes de artes dos estados do Pará, Paraíba, Piauí, Santa Catarina e Tocantins para trocar experiências por meio de encontros colaborativos com mediadores locais e visitantes – especialistas atuantes no circuito artístico nacional – com duração média de cinco meses (Fevereiro a Julho de 2015).

Serão oferecidas palestras, cursos e oficinas complementares aos estudos. Com este intercâmbio de saberes, será possível produzir uma análise ampla e detalhada do contexto regional, identificar e dialogar sobre agentes culturais, circuitos, tendências, temáticas, espaços, políticas, ideologias, tensões e pontos de confluência.

O Confluências pretende também divulgar novos talentos através de sua circulação nos espaços do Sesc e organizar material sobre a produção de arte brasileira contemporânea, disponibilizando-o para consulta pública através de uma plataforma digital.

Haverá um encontro aqui no Sesc Boulevard no dia 24/09, às 19h30. A entrada é gratuita.

Para conhecer um pouco mais do Confluências, clique AQUI.

Daiane Gasparetto e Tom Salazar reapresentam “O Não Lugar”

Depois do sucesso do primeiro show, dupla volta ao palco do Sesc Boulevard

      Tom Salazar Cano e Daiane Gasparetto já têm trajetórias consolidadas no meio musical – ele é formado em violão clássico e bacharelado em música na UEPA e ela, apesar de ter começado seu contato com as artes por meio da dança, também encontrou na música um porto seguro. A junção dos dois talentos deu origem ao show “O Não Lugar”, grande sucesso de público que será reapresentado nesta sexta (19), às 18h, no Sesc Boulevard.

“O Não Lugar” traz canções criadas em série, com temáticas e atmosfera sonora que se interligam. A dupla apresenta um repertório envolto em uma atmosfera misteriosa, com letras que dizem respeito aos caminhos, chegadas e partidas de um lugar que não pode ser descrito, daí a inspiração para o nome do show. Tom e Daiane conectam música e poesia neste novo projeto, que deve dar origem a um CD de mesmo nome.

Além do estudo do violão, Tom Salazar traz para o palco a experiência de ter sido integrante d’A Euterpia, uma das bandas mais representativas do rock paraense entre o fim dos anos 90 e o ano de 2009, quando a banda terminou. O músico também compõe trilha sonora para teatro e desenvolve atividades pedagógicas em música. Já Daiana foi premiada quatro vezes no Festival de Música do Colégio Moderno, evento do qual participou por sete anos. A cantora teve composições suas gravadas por Gláfira Lobo, e escreveu músicas em parceria com Renato Torres e Antonio Novaes, músicos já conhecidos no cenário musical paraense.

O show “O Não Lugar” tem formação instrumental acústica, alternando momentos de sons leves e delicados e outros de atmosfera mais densa. Tom Salazar, além de assumir o violão, é responsável pelo arranjo e direção; Armando de Mendonça fica com a viola; no violoncello está Moisés Levy; na percussão, Joca Silva; e Daiane e Camila Honda são as vozes femininas. O repertório do show é de autoria de Tom e Daiane, tendo duas canções em parceria com Márcio Moreira. A apresentação terá entrada franca e é aberta a todos os públicos.

“O Não Lugar”, com Tom Salazar e Daiane Gasparetto

Data:  19 de setembro de 2014 (sexta)

Horário: 18h

Local: Centro Cultural Sesc Boulevard (Boulevard Castilho França, 522/523 - em frente à Estação das Docas)

Entrada Franca

Crédito da foto: Alan Soares

Show "O não lugar" com Tom Salazar Cano & Daiane Gasparetto

Nesta sexta 19/09, às 18h, tem uma belíssima apresentação dos compositores Tom Salazar Cano & Daiane Gasparetto com o show “O Não Lugar”. A entrada é gratuita.


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Sonora Brasil traz Octeto de Polyphonia Khoros à Belém

Grupo se apresenta pelo projeto de formação de ouvintes do Serviço Social do Comércio

O Projeto Sonora Brasil nasceu como uma iniciativa do Serviço Social do Comércio para propagar a história da música brasileira nacionalmente – a cada biênio, dois temas e vários grupos musicais são escolhidos para circularem pelo país. Até o fim do ano, serão 450 concertos em 128 cidades. As temáticas selecionadas para 2013/2014 foram “Tambores e Batuques”, apresentando manifestações da tradição oral de comunidades quilombolas; e “Edino Krieger e as Bienais de Música Brasileira Contemporânea”, celebrando o criador de um dos eventos musicais mais importantes do Brasil.

Depois de trazer o carioca Quarteto Belmonte à Belém, o Sonora Brasil apresenta o Polyphonia Khoros, octeto residente em Florianópolis (SC) e há mais de dez anos em atividade. A apresentação faz parte do tema que homenageia Edino Krieger e acontece nesta quarta (17), às 19h, no Sesc Boulevard. Além dos dois grupos já mencionados, também fazem parte dessa temática o Quinteto Brasília e o Duo Cancionâncias, que este ano percorrem estados das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste.

O Octeto de Polyphonia Khoros é regido pela maestrina Márcia Mafra – por meio do Instituto Polyphonia, entidade sem fins lucrativos, o coro tem promovido a prática e a apreciação da música vocal, com um repertório eclético que inclui óperas, arranjos corais do folclore e música erudita contemporânea. O coro apresenta interpretações da maestrina em vários eventos, que vão de concertos didáticos em escolas até turnês internacionais.

As oito vozes que vão encantar os ouvidos do público nesta quarta são Fernando de Carli e Tobias Andreas (tenores), Javier Venegas e Leonardo Barbi (baixos), Grasieli Fachini e Natacha De Carli (soranos), Débora Almeida e Luciana Lira (contraltos). A entrada é franca.

Serviço:

Projeto Sonora Brasil com Octeto de Polyphonia Khoros (SC)
Data: 17 de setembro de 2014 (quarta)
Horário: 19h
Local: Centro Cultural Sesc Boulevard (Boulevard Castilho França, 522/523 - em frente à Estação das Docas)
Entrada Franca
Informações: (91) 3224-5305 / 3224-5654 (Marcos Campelo – Assistente Técnico – Música – Centro Cultural SESC Boulevard)
(91) 4005-9584 (Assessoria de Comunicação do Sistema Fecomércio/ SESC /SENAC-PA)
Twitter: @sescboulevard
Facebook: Sesc Boulevard

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Fotojornalismo paraense é tema de mostra em Belém

Com a intenção de divulgar e valorizar a produção dos fotojornalistas do Estado, o Centro Cultural Sesc Boulevard, em Belém, abre nesta terça-feira (16), a partir das 19 horas, a mostra Sobrevidas, que reúne imagens de 27 fotojornalistas paraenses. As fotografias retratam a experiência cotidiana dos profissionais e buscam dividir com o público os diversos olhares que envolvem a compreensão de nosso tempo. Promovida pelo Serviço Social do Comércio – Sesc Pará, a mostra faz parte do plano de metas da instituição, que entre outros objetivos, tem a missão de criar oportunidades e atender ao público comerciário, categoria da qual fazem parte os fotojornalistas. A programação de abertura da exposição tem entrada franca.
Foto: Shirley Penaforte
A mostra Sobrevidas reúne distintos pensamentos visuais. Incômodos, belezas, violências, diversões e preocupações, materializados em imagens diárias, recolhidas por fotojornalistas paraenses que contam histórias do mundo e revelam para a sociedade as múltiplas formas de viver e morrer.
A exposição conta com trabalhos dos fotojornalistas Antônio Cícero, Akira Onuma, Ary Souza, Bruno Carachesti, Camila Lima, Cézar Magalhães, Cláudio Pinheiro, Elielson Modesto, Elivaldo Pamplona, Everaldo Nascimento, Jader Paes, Jaime Souzza, Leila Jinkings, Marcelo Lélis, Marcelo Seabra, Marco Santos, Mauro Ângelo, Ney Marcondes, Oswaldo Forte, Paulo Amorim, Ricardo Lima, Rogério Uchoa, Shirley Penaforte, Tamara Saré, Tarso Sarraf, Wagner Almeida e Wagner Santana. A mostra Sobrevidas pode ser visitada até o dia 26 de outubro, de terça a sábado, das 9 às 19 horas, e aos domingos, das 9 às 13 horas.
SERVIÇO:
Abertura da mostra Sobrevidas no Centro Cultural Sesc Boulevard
Data: 16 de setembro de 2014
Horário: 19 horas
Local: Centro Cultural Sesc Boulevard (Boulevard Castilho França, 522/523 – em frente à Estação das Docas)
Entrada Franca

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Abertura da mostra fotográfica Sobrevidas | Terça 16.09 | 19h | Entrada Franca


Palhaços Surdos, com Companhia de Teatro Mãos Livres | Domingo 14/09 | 11h | Entrada Franca


Sesc Partituras apresenta Sérgio Ábalos neste sábado

Violonista argentino interpreta músicas de seu repertório e da obra de Sebastião Tapajós

Neste sábado (13), o violonista argentino Sérgio Ábalos se apresenta no Sesc Boulevard pelo Sesc Partituras, projeto desenvolvido nacionalmente pelo Serviço Social do Comércio para difundir a música brasileira. A apresentação começa às 17h, com entrada franca.

Sérgio Abalos é diplomado pelo Conservatório da cidade argentina de Cordoba e viveu por cinco anos em Buenos Aires, sempre participando em concertos e gravações de artistas consagrados em seu país. Em 2006 chegou a receber o prêmio do “Fondo Nacional de las Artes” para financiamento de seu trabalho.

Sérgio Ábalos mora no Brasil há cinco anos e continua seus projetos como músico e pesquisador. Ábalos também fez parcerias com músicos regionais renomados, como Trio  Manari e Sebastião Tapajós, com quem gravou o CD “Conversa de Violões”. Neste sábado, o músico apresenta composições autorais e de Tapajós. Para acessar o acervo com obras de centenas de músicos brasileiros e saber mais sobre o projeto Sesc Partituras, acesse: www.sesc.com.br/sescpartituras.

SERVIÇO

Projeto Sesc Partituras com Sérgio Ábalos

Data: 13 de setembro de 2014 (sábado)

Horário: 17h

Local: Centro Cultural SESC Boulevard (Boulevard Castilho França, 522/523)
Topo da Página ↑