Programação Geral de NOVEMBRO | 2014


01/11 (Sábado)
LITERATURA
11h - “O que tem no caldeirão da bruxa?” com  Cirandeiros da Palavra.
Histórias de bruxarias, feitiçarias e outras encantarias baseada nos livros “A Bruxa Beleza-pura”, de Béatrice Garel, “O casamento da bruxa Onilda”, de Roser Capdevila, e  no conto popular “Caramba carambola”.
MÚSICA
17h - Floriano
O compositor, cantor e arranjador paraense de múltipla expressão, apresenta o show “A Canção Mais Sincera”, com repertório onde o refinamento e a sensibilidade musical são marcantes. Em 27 anos de carreira na cidade de Belém, Floriano imprime técnica, bom gosto e coerência a  composições em parcerias diversas e ao trabalho de outros artistas paraenses.


04/11 (Terça-feira)
FOTOGRAFIA
18h - Fotojornalismo |  Relato de experiências  com Raimundo Paccó
Fotojornalista com experiência em vários veículos de comunicação como Correio Braziliense, Globo, Jornal de Brasília, Folha de S. Paulo, Diário do Pará, O Liberal, Jornal do Commercio, agências internacionais , Paccó divide com o público seus processos de trabalho e vivências ao longo de mais de 30 anos de dedicação à reportagem fotográfica.


05/11 (Quarta-feira)
MÚSICA
18h - Adelbert Carneiro
Contrabaixista, compositor e arranjador paraense apresenta show de música instrumental, reunindo composições autorais presentes em seu recente CD “Ianubiá”, misturando ritmos regionais com o jazz, além de parceiras e composições de outros autores.


06/11 (Quinta-feira)
MÚSICA
18h - Projeto Secreto Macacos
O grupo de música instrumental tem influências variadas que vão do rock setentista ao jazz contemporâneo, passando ainda pela world music. Atualmente, o Projeto Secreto Macacos é formada por Jacob Franco (kaospad, escaleta e efeitos vocais), Clécio Dub (programações e efeitos), Arthur Cunha (guitarra e baixo), Junior Feitosa (bateria), Rodrigo Ferreira (teclados e sintetizadores).
EXPOSIÇÃO
19h - Abertura da exposição “Canteiro de Obras” de Claudio Tozzi (SP)
“Canteiro de Obras” traz as experiências de Claudio Tozzi ainda como jovem artista na década de 1960. Os paradoxos da época são retratados nas serigrafias de Tozzi, que provocou polêmica e se manteve na vanguarda. Ele foi um dos primeiros a criar obras sobre os protestos dos estudantes contra a ditadura militar e apresentar as transformações do universo feminino.
A exposição faz uma excursão cronológica pela obra do artista plástico. A viagem começa nos anos 60, com serigrafia e fotolito no estilo pop art, com cores, formas e enquadramentos típicos dos quadrinhos da década. São 37 obras, sendo 33 serigrafias, uma litogravura, feita com produtos como carvão e pedras; três pinturas e um objeto de instalação, feito com pedras, mármore e outros materiais. Três dessas gravuras exemplificam o engajamento do artista às grandes mudanças que ocorriam na sociedade: ‘Multidão’, ‘Guevara vivo ou morto’ e ‘Mulher na janela’.


07/11 (Sexta-feira)
MÚSICA
18h - Dayse Addário e Ziza Padilha
A intérprete e o violonista, compositor e arranjador, ambos paraenses e com destaque em shows e festivais, apresentam o show “Bodas de Turquesa”, com músicas autorais e em parceria, celebrando 18 anos de amor e música e contando um pouco de suas trajetórias e da história da música paraense.


08/11 (Sábado)
LITERATURA
11h - “Brincando com palavras”, com Grupo Griô
Era uma vez, no faz de contas, um reino encantado de poesia. Lá, havias fadas, princesas e uma bruxa tonta. Certo dia, este reinado de histórias é contemplado com um punhado de versos e prosas, que acabam modificando o dia-a-dia de todos os personagens.
MÚSICA
SONORA BRASIL
18h - Duo Cancionâncias (RS/MS)
O Duo Cancionâncias tem se dedicado à difusão do repertório de música brasileira e latinoamericana do século 20, com especial atenção aos compositores contemporâneos. Formado pela soprano Manuelai Camargo e pelo violonista Cyro Delvizio (ambos mestres em música pela UFRJ e com carreiras solo além do trabalho conjunto), vem se consolidando desde 2007 no cenário musical, especialmente na cidade do Rio de Janeiro.
Entre suas apresentações destacam-se séries que abarcam diversos gêneros da canção brasileira, além de recitais em programas de rádios pelo Brasil e México. A dupla se dedica intensamente à interpretação da obra de Edino Krieger, que tem acompanhado de perto essa produção e as transcrições de obras originalmente escritas para canto e piano.
SOBRE O SONORA BRASIL
O Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais desenvolve programações identificadas com a história da música no Brasil. Em sua 16ª edição, o Sonora Brasil apresenta Tambores e Batuques, Edino Krieger e as Bienais de Música Brasileira Contemporânea, temas que circularão pelo país em 2013 e 2014, com a participação de oito grupos musicais.


09/11 (Domingo)
TEATRO
11h - “Pluft, o Fantasminha”
Cia de Teatro Marista
Escrita pela grande dramaturga brasileira Maria Clara Machado, em 1955, a peça conta a história do rapto da menina Maribel pelo malvado pirata Perna-de-pau. Escondida no sótão de uma velha casa, ela conhece uma família de fantasmas e faz amizade com Pluft, um fantasminha que tem medo de gente. 
Direção: Paulo Fonseca


11/11 (Terça-feira)
FOTOGRAFIA
18h - CAFÉ FOTOGRÁFICO: Campos de Flutuação de um artista & curador - por Orlando Maneschy
Mediação:
Keyla Sobral e Eliane Moura
A conversa se dará a partir dos processos realizados por Orlando Maneschy ao longo de sua carreira, em que a produção artística foi atravessada pelo desejo de articulação junto a artistas e como o pensar arte vem sendo construído em seu percurso de vida, por meio de processos de criação individuais e coletivos, materializados em sua obra e no olhar e diálogo dirigido ao outro.


12/11 (Quarta-feira)
CINEMA
18h - Palestra Ernani Chaves : “Cinema e política às portas do maio de 68”
Exibição do filme “A Chinesa”, de Godard
MÚSICA
18h - Trio Camerístico Paraense
Criado em 1999, o principal objetivo do trio sempre foi pesquisar e trabalhar na divulgação das obras escritas por compositores estrangeiros e brasileiros para essa formação, com grande responsabilidade e “performance” de seus solistas. O trio é formado por Gustavo Borges (violoncelo), Felipe Bruno (violinista) e Helena Maia (piano).


13/11 (Quinta-feira)
MÚSICA
18h - Liège
No show “Diariamente Marisa”, a cantora, intérprete e compositora paraense Liège homenageia os 25 anos de carreira da também cantora Marisa Monte, apresentando seus maiores sucessos, que consolidaram Monte como uma das principais artistas brasileiras. 


14/11 (Sexta-feira)
MÚSICA
18h - Allan Carvalho e Ronaldo Silva
Os compositores Ronaldo Silva e Allan Carvalho apresentam o show “Folias”, com canções inspiradas nas Folias de Santo da Amazônia, buscando a valorização, memória e difusão dessas manifestações, cada vez mais ausentes em nossas comunidades. 


18/11 (Terça-feira)
LITERATURA
18h - Contação para adultos “Quem é vivo sempre aparece”, com Alci Santos e Evanildo Mercês
Contos fantásticos da capital e do interior com base nas narrativas da obra “Visagens e Assombrações de Belém”, de Walcyr Monteiro. 


19/11 (Quarta-feira)
CINEMA
18h - Couleur de peau: Miel
Dir.: Jung Sik-jun, Laurent Boileau
Belgique, France
2012 | Livre | 75 min
Avec William Coryn, Arthur Dubois, David Macaluso, Maxym Anciaux, David Murgia
MÚSICA
18h - Ópera Estúdio - Cenas de Verdi e Donizeth
Parceria: Fundação Carlos Gomes


20/11 (Quinta-feira)
MÚSICA
18h - Lula Barbosa (SP)
Intérprete e compositor paulista apresenta show de seu novo CD, “Simplesmente”, em formato acústico. O repertório apresenta composições inéditas e releituras de canções como “Menina” de Paulinho Nogueira, “Coração de Estudante” de Wagner Tiso e Milton Nascimento, “Deus Me Fez Assim” de Nelson Cavaquinho, “Aquarela do Brasil” de Ary Barroso. O show traz um tom Intimista,  sempre mergulhado na musicalidade brasileira, num trabalho maduro e cuidadoso.


21/11 (Sexta-feira)
MÚSICA
18h - Gabi Buarque (RJ)
Uma intérprete sensível e comprometida com a palavra, além de ser compositora e representante do que tem de mais atual no cenário musical brasileiro, apresenta show de lançamento de seu mais novo CD, intitulado “Fiandeira”, que tem por conceito as artes integradas, onde retalhos, linhas, cores e texturas se misturam e dão forma a algo maior. E é neste viés que o show de lançamento é trançado: através da música, poesia, teatro e dança em canções do folclore popular, costurando um roteiro impecável e bem diversificado: samba, choro, côco, maracatu, xote e valsa.


22/11 (Sábado)
LITERATURA
11h - “Histórias de árvores e outras naturezas”, com Yandra Gallupo
Nessa terra verdejante, povoada de mangueiras, açaís, entre outras belezuras, surge esta contação falando de várias espécies e suas mitologias, pois, segundo os povos da floresta, a natureza é a “origem” de quase tudo que habita e encanta o mundo. 
CINEMA
16h - Holy Motors
Dir. Leos Carax
2012 | 14 anos | 110min
Da madrugada até à noite, algumas horas na existência do Senhor Oscar, um ser que viaja de vida em vida. É alternadamente industrial, assassino, pedinte, criatura monstruosa, pai de família... O senhor Oscar parece desempenhar papéis, interiorizando cada um de forma completa, mas onde estão as câmeras? Está sozinho, acompanhado apenas por Céline, uma senhora loira alta aos comandos da imensa máquina que o transporta em Paris e arredores. É como um assassino consciencioso movendo-se de assassinato em assassinato. Persegue a beleza do gesto, do motor da ação, das mulheres e dos fantasmas de sua vida. Mas onde é a sua casa, onde está a sua família, o seu descanso?
MÚSICA
17h - Sesc Partituras com homenagem a Heitor Villa-Lobos
Sesc Partituras é uma iniciativa do Serviço Social do Comércio que tem como objetivo a preservação e difusão do patrimônio musical brasileiro. O projeto, sem fins lucrativos, reúne em um site um vasto acervo de partituras digitalizadas e editoradas, democratizando o acesso a obras importantes e sendo suporte crucial para músicos, estudantes de música e pesquisadores. Foi em 2007 que o Banco Digital Sesc de Partituras implantou computadores com programa de editoração e acervo de obras digitalizadas em 17 unidades do Sesc, com todas as obras pertencentes ao domínio público ou com licença para inclusão no catálogo e autorização para impressão. Para ter acesso ao catálogo, basta ir ao http://www.sesc.com.br/sescpartituras/


23/11 (Domingo)
CINEMA
10h - O que eu mais desejo
Dir.: Hirokazu Kore-Eda
2011 | Livre | 128 min
No Japão, na ilha de Kyushu, dois irmãos vivem separados após o divórcio de seus pais. O mais velho, de 12 anos, mora com sua mãe no sul da ilha e seu irmão mais novo, com o pai, no norte da ilha. O que o irmão mais velho deseja acima de tudo é que sua família viva junto novamente. Por isso, quando ele escuta de um amigo na escola a história de que no momento em que dois trens balas se cruzam você3 pode fazer um desejo que ele certamente se realizarå, ele decide organizar uma viagem secreta até o ponto de intersecção dos trens, onde o milagre poderá acontecer. Será que ele vai conseguir tornar realidade o seu maior desejo?


25/11 (Terça-feira)
LITERATURA
18h - Lançamento do livro “Duas mulheres entardecendo”, com Wanda Monteiro e Maria Helena Latini   
Lançado pela editora Tempo, “Duas mulheres entardecendo” é um romance escrito por Wanda Monteiro em parceria com Maria Helena Latini, que tem participação confirmada na Bienal do Livro de Porto Alegre (RS).


26/11 (Quarta-feira)
CINEMA
18h - SESSÃO DAQUI
A “Sessão Daqui” é um projeto do Sesc Boulevard em parceria com a APJCC (Associação Paraense de Jovens Críticos de Cinema) que tem o intuíto de dar visibilidade aos realizadores do cenário Audiovisual Paraense.
Vídeos de Rafaella Cândido, Vince Souza e Moyses Cavalcante
Vídeos:
“Hue” de Rafaella Cândido
13 min
Um jovem chega a uma festa e encontra um experiente andarilho das noitadas que o seduz e o insere no mundo junkie ao mesmo tempo em que ambos se envolvem num romance de festa. Enquanto isso, uma viciada, já sem forças para reagir, é brutalmente assediada por um grupo de arruaceiros. Os passos deles parecem ser observados de perto por uma figura sombria e lacônica; um homem que parece saber exatamente onde e como as três histórias vão terminar. “HUE” é o recorte de uma noite, uma festa onde momentos definitivos na vida desses jovens envolvidos pela teia do submundo das drogas acontecem para uni-los sob um mesmo fim ou separá-los de vez de uma possível salvação. 
 “Eu Do Ato” de Vince Souza
Atriz: Rafaella Cândido | 11 min
Questionamentos de uma jovem sobre a sua existência. De uma identificação, do oposto, nesse ou além de seu mundo. Assim é “Eu Do Ato”, inspirado no texto de Bianca Marinho.
Experimental, segunda produção do Café, Cinema e Quadrinhos em parceria com IFPA/APAB, Visionário Filmes e Quadro a Quadro.
 “Alecrim” de Moyses Cavalcante
Com Rosilene Cordeiro e André Ponce de Leão | 09 min
Alecrim conta a história de uma mulher solitária que sofre um parto natural onde o bebê nasce morto. Ela vive um dilema existencial: criar seu filho natimorto vivendo distante da realidade ou fazer-se consciente e padecer pela perda do filho almejado. Depois de enterrá-lo com as próprias mãos no quintal da casa onde mora, não suporta a dor e morre. Algum tempo depois a casa passa a ser habitada novamente por um único morador que percebe algo de estranho naquele lugar. O homem fica perturbado por estar vivendo no limite entre o mundo real e seus pesadelos. O espírito da mulher o persegue até conseguir seu objetivo, conduzi-lo ao resgate do filho enterrado.   
MÚSICA
18h - Rafael Azevedo
Contrabaixista e compositor paraense da nova geração, atuante no circuito de bares, teatros e festivais do estado ao lado de grandes nomes da música paraense, apresenta show de música instrumental, com composições autorais e em parceria, fazendo uma amostragem de seu primeiro trabalho solo a ser lançado ainda este ano.


27/11 (Quinta-feira)
MÚSICA
18h - Rosa Corrêa
Cantora paraense apresenta o show “Falando de Amor”. Por meio da música, Rosa Corrêa procura contribuir para o resgate da sutileza, em mensagens contidas nas canções de Tom Jobim, Milton Nascimento, Toninho Horta, Beto Guedes, Lô Borges, Ivan Lins, Joyce e outros cantores que sempre trazem bons sentimentos para nossa vida.


28/11 (Sexta-feira)
MÚSICA
18h - Renata Del Pinho
Cantora compositora paraense, Renata Del Pinho é um dos bons nomes da nova geração de artistas da terra, com importantes participações em festivais e discos. Seu show Tracajazz tem a direção do guitarrista Bob Freitas.


29/11 (Sábado)
LITERATURA
11h - “Pé de vento”, com Leonel Ferreira
Pé de Vento é um menino cheio de manias estranhas: conta degraus de escada, carros e motos que passam por ele, inventa canções que só ele sabe cantar, e sonha em ser jogador de futebol do clube de coração. Em meio as suas estranhas manias, Pé de Vento encontra seu primeiro amor. Uma história que marca o fim de uma fase e o início de uma outra na vida desse garoto incomum, onde o amor determina os passos que serão tomados por Pé de Vento.
MÚSICA
17h - Careca Braga
Guitarrista e compositor paraense apresenta show reunindo o melhor do jazz local, nacional e internacional em interpretações únicas e marcantes ao lado de seu quarteto, celebrando sua longa trajetória na música instrumental paraense.


30/11 (Domingo)
TEATRO
18h - Romeu e Julieta - o encontro de Shakespeare e a cultura popular
Grupo Garajal (CE)
A história de amor juvenil mais encenada no planeta é transposta para um terreiro de reisado, festa típica do regionalismo nordestino. A ela são agregadas as figuras de Mateus, Catirina e Jaraguá, além de príncipes e guerreiros para mediar o embate dos Montecchio e dos Capuleto, duas famílias que não se entendem e conspiram para o trágico desfecho.
Livre | 70 min
LOCAL:
Orla da Estação das Docas


01/12 (Segunda-feira)
TEATRO
18h - Romeu e Julieta - o encontro de Shakespeare e a cultura popular
Grupo Garajal (CE)
Livre | 70 min
LOCAL:

Sesc Castanhal

19 comentários:

  1. queria tanto ver o teatro hoje :(

    ResponderExcluir
  2. SÓ COISA BOA PARA CURTIR DEPOIS DA CHUVA NOTURNA.

    ResponderExcluir
  3. FOI 10 !

    Joanna Di Ângelis e Tynnôko Costa fizeram tributo aos Beatles no Sesc Boulevard hoje.


    Karina Tavares.

    ResponderExcluir
  4. Lugares como Sesc Boulevard, deveriam ter uma divulgação maior, pois só tem programações boas e para todos os gostos e estilos. PARABÉNS PELA ORGANIZAÇÃO."A CULTURA AGRADECE".

    ResponderExcluir
  5. Parabéns a toda equipe de colaboradores, sobretudo aquele que estão pelos bastidores dos espetáculos do Sesc Boulevard Belém e por permitirem e proporcionarem essa gama de possibilidades artisticas ao público paraense...... Vejo que a cada mês a programação é recheada de arte contemporanea.. MÚSICA, TEATRO, CINEMA, nas suas mais diversas faces. Enfim, meus parabésn, continuem assim... Abraço

    ResponderExcluir
  6. Excelente programação! Prabéns.

    Nesse mês não teremos nenhuma oficina?

    ResponderExcluir
  7. Olá! Terão oficinas agora no mês de dezembro?

    Atenciosamente,

    ResponderExcluir
  8. Para o teatro precisa pegar algum ingresso antecipado?

    ResponderExcluir
  9. é gratuita essas programações?

    ResponderExcluir
  10. E a programação de Janeiro? Alguém sabe me informar?

    ResponderExcluir
  11. A criação deste espaço de cultura e diversão é excelente. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  12. A programação está super interessante, como sempre o SESC mostrando a nata da cultura Paraense, parabens ao SESC e aos Paraenses que desfrutam desta magnifica programação.

    ResponderExcluir
  13. Show de Gigi Furtado está perfeito. Vale muito a pena conferir.

    ResponderExcluir
  14. Já estou viaciada com as programações do SESC que é tudo de bom antes de qualquer programação noturna em Belém. Parabéns equipe do SESC que está nos dando a oportunidade de conhecer os nossos valores musicais e artísticos.

    ResponderExcluir
  15. O show do Engole Cobra vai bombar no dia 10/07, espero todos lá!!

    ResponderExcluir
  16. a entrada é franca para todos os dias da programação ?

    ResponderExcluir
  17. Sim, as programações no sesc Boulevard são sempre gratuitas.

    ResponderExcluir
  18. A ELLEN OLERIA TEM UMA VOZ MARAVILHOSA.

    ResponderExcluir

Topo da Página ↑